Santistas vão competir no Taiti

Santistas vão competir no Taiti

O santista Celso Filetti formará com um grupo de amigos um time brasileiro para disputar, em novembro, no Taiti, a Haawaiki Nui Va’a, apontada como a maior e mais difícil prova de longa distância de canoas havaianas. Integrante da equipe TriboQPira, atual tetracampeã brasileira e líder do ranking deste ano, com 100% de aproveitamento, ele mostra grande animação para a experiência internacional.

 

“Nosso objetivo é participar e aprender, sem pretensão de resultados, porém como o ditado popular diz: quem sai na chuva é pra se molhar, e o nosso é: quem vai para a água é para remar. E vamos remar muito”, afirmou Filetti. “Não existe uma seleção brasileira, somos um grupo de amigos, cinco cariocas e quatro santistas, com a mesma paixão pela canoa havaiana”, destacou.

A competição é realizada em três etapas, com a grande final em Bora Bora. A primeira “perna” tem 45 km, entre Huanin e Raiatea. No segundo estágio, os atletas remam mais 26 km até Tahaa. E a disputa final tem 58 km.

O canoísta terá a companhia de Felipe Neumann, Cauê Serra, Thiago Arias e Alex Reis e os cariocas Leo Santi, Paulo Cordeiro, Chico, Joa Bandeira e Crico.

2018-06-05T09:07:07+00:00