Gatinha do Paraná…

Gatinha do Paraná…

Milton Augusto da Cunha agradeceu aos médicos veterinários Eduardo e Celso Ribeiro Filetti pelas orientações, dadas por e-mail, no tratamento de uma gatinha doente, com sintomas de envenenamento, que apareceu na cada dele, em Quatro Barras, no Paraná. O primeiro e-mail chegou no dia 22 de janeiro, com pedido de ajuda, e após a troca de mensagens, no dia 29 de janeiro Milton agradeceu pela melhora do animal: “Ontem ela começou a se alimentar sozinha e fez três refeições”, escreveu Milton.

“Ela já está esperta e começou a brincar conosco. Esta louca para ir à rua, mas resolvemos mantê-la mais uns dias em casa.” Ele disse que na região de Curitiba as pessoas não são solidárias como em São Paulo. “Há  veterinário gratuito e até fazem operações, mas só na faculdade, que fica a 50 km. Por isso, me valho de pessoas como vocês quando necessito de ajuda”. E finalizou: “Obrigado por tudo que fazem, Deus os abençoe sempre pela dedicação e amor que têm pelos animais e pelas pessoas também.”

2018-06-05T08:59:17+00:00