Restrição ao Número de Mascotes que Acompanham os Jogadores nas Entradas dos Jogos no Brasileirão

Restrição ao Número de Mascotes que Acompanham os Jogadores nas Entradas dos Jogos no Brasileirão

Esportes – A TRIBUNA – www.atribuna.com.br
Quinta-feira 17 setembro de 2009 – 90 Minutos
90minutos@atribuna.com.br
Por Horácio Lopes

Crianças de fora
Continua a desnecessária restrição ao número de mascotes que acompanham os jogadores nas entradas dos jogos no Brasileirão.

Multa
Após multa aplicada ao Internacional por desrespeito à norma, houve quem contasse o número de crianças presentes ao jogo São Paulo x Avaí, no sábado. Pura bobagem.


Por pouco
O diretor social do Santos, Eduardo Filetti, conta que quase foi obrigado a deixar de fora um pequeno santista vindo do Paraná, que sonhava acompanhar os jogadores.


Substituição
O mascote só conseguiu participar da festa porque um dos meninos escalados não pôde comparecer.


Compensação
Por outro lado, ele lembra que, nas partidas da Libertadores de Futebol Feminino, o acesso da garotada está liberado.
Será a chance de ladearem a rainha Marta e companhia.

2018-06-11T16:19:59+00:00