Mata Atlântica define vencedores

Mata Atlântica define vencedores

A Tribuna Quarta-feira, 7 de dezembro de 2005 Esportes Canoagem Página B-4 Da reportagem

Em uma disputa bastante equilibrada e emocionante nos metros finais do percurso, o time santista de canoa havaiana Tribo Q Pira derrotou o sexteto Brucutus Power Center/Bertioga, na modalidade OC-6 masculina profissional, e faturou o Circuito Outrigger da Costa da Mata Atlântica. A sexta e última etapa foi disputada na Ponta da Praia, em Santos. As equipes Brucutus Conan/Bertioga, Brucutus Burikioka/Bertioga e Nainoa/Santos completaram o pódio.

“Foi maravilhoso. Estava bastante concentrado e a nossa estratégia no mar conseguiu surpreender os adversários no momento decisivo da segunda bateria. Conseguimos manter uma boa distância e garantimos mais uma medalha de ouro para Santos”, revelou Felipe Neumann, da Tribo Q Pira.

Com o título, o grupo também conquistou o direito de representar o Brasil em uma das principais competições do continente, a Rio VA A. O campeoníssimo Fábio Paiva deverá continuar reforçando o sexteto santista.

Outra equipe de Santos que faturou o ouro para a região foi a Poseidon/Clínica Veterinária Filetti A, na OC-6 mista (três homens e três mulheres). A série, que reuniu a participação de 122 atletas, serviu para definir também os campeões em outras categorias do circuito. Na individual OC-1, o remador Celso Filetti assegurou o título.

Já na individual feminina, Sarah Santos (Bertioga) somou o maior número de pontos nas seis etapas. Celuza Joselli terminou em segundo e Gisele Inácio garantiu o bronze.

Base
Devido ao bom desempeno e o incentivo ao esporte, a comissão organizadora do evento decidiu premiar com uma canoa OC-1 a Escola Center Jaguareguava, de Bertioga. A sexta etapa do Circuito Outrigger foi patrocinada pela Clínica Veterinária Filetti e Vit Shop EAS, com o apoio da Secretaria de Esportes de Santos e a supervisão da Associação Brasileira de Canoas Havaianas.

2018-01-19T11:48:50+00:00