Clínica Veterinária Filetti
Atendimento Emergência 24hrs na Baixada Santista 997 115 545
R. Alm. Tamandaré, 275 - Embaré • Santos • São Paulo
(13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br
 
 

Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Você dá água gelada para seu bicho de estimação? Pare já! Isso acaba com a saúde deles
CUIDADOS NO VERÃO / Por: #Santaportal 12/02/2016 às 11:29
CURSOS 12-02-2016
Marcio Piriquito / Santa Cecília TV

VERÃO - Com as altas temperaturas registradas desde o início de 2016, muitos animais de estimação sofrem com problemas respiratórios ou de desidratação. Mas ao tentar ajudar os cachorros ou gatos, muitos donos dos pets erram ao darem água gelada ou deixarem os bichinhos no entra e sai de cômodos com ar-condicionado.

É importante tomar alguns cuidados básicos para evitar que os animais tenham problemas na estação mais quente do ano. Nessa época, o ideal é sair em horários mais frescos. "Saia de manhã cedinho, e depois das 18, 19 horas, para evitar que o animal queime as patas ou que ele passe mal. Principalmente aqueles cachorros de cara amassada como boxer, pug, bulldog, porque eles têm uma diminuição da mandíbula, da maxila. Eles tem problemas respiratórios porque tem encurtamento de vias respiratórias, e quando você submete ele a calor intenso, às vezes, eles podem ter problemas de convulsão", explica o veterinário Eduardo Filleti.

A hidratação é fundamental, mas o ideal é evitar água gelada para não causar problemas respiratórios. "Traqueítes, traqueobronquite, por excesso de ingestão de gelo ou pelo choque térmico. O cachorro sai no sol, volta tem ar-condicionado, esse entra e sai, várias vezes por dia e uma alimentação com água com gelo pode levar os cachorros a terem problemas respiratórios".

O veterinário disse ainda que, principalmente gatos, devem usar protetor solar ao saírem para passear. Os animais também podem pegar câncer de pele, e por isso é importante que o creme seja aplicado principalmente na área nasal e das orelhas.

Essas dicas são simples de seguir e irão proporcionar um grande alívio ao animal. "Se hidratado a tempo ele vai ficar bom, mas a pessoa vai ter que dar antibiótico para o cachorro, anti-inflamatório. Vai ter que levar no médico porque a pessoa, de certa maneira, burlou algumas regras básicas", finaliza o veterinário.

A dona de casa Nilda Cruz redobra os cuidados com sua cachorrinha Lalicas, da raça Pinscher. "A gente procura manter ela em local ventilado, comida fresquinha, a água a gente troca várias vezes ao dia. Ela não costuma sair muito de casa, ela não gosta, mas a gente sai quando não tem sol e leva água junto", comenta.






 
► Leia a matéria na íntegra


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
  Artigos
Filetti News
Fotos
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2003 - 2017, Clínica Veterinária Filetti / Bouticão ® • Santos • São Paulo • (13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br • http://www.filetti.com.br
R. Almirante Tamandaré, 271/273 • Embaré • (13) 997 115 545 •
.::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy