Clínica Veterinária Filetti
Atendimento Emergência 24hrs na Baixada Santista 997 115 545
R. Alm. Tamandaré, 275 - Embaré • Santos • São Paulo
(13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br
 
 

Artigos e Matérias
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Essências Florais na Medicina Veterinária
CLÍNICA 01-10-2013
Essências Florais na Medicina Veterinária


Os sistemas de cura com essências florais, foram difundidas pelo mundo todo, vários deles baseiam -se em tradições de cura que segundo pesquisas, indicam que as flores já eram utilizadas com este objetivo antes de Cristo. Os aborígenes australianos comiam a flor inteira para obter os seus efeitos. Tanto os egípcios como os africanos e os malaios já faziam uso das flores para tratar os desequilíbrios emocionais . Há registros que, no século XVI Paracelso já utilizava as essências florais para tratar desequilíbrios emocionais em seus pacientes. O primeiro sistema terapêutico moderno baseado em 38 essências florais, foi desenvolvido pelo destacado médico britânico Edward Bach (1886-1936). Para Bach, a causa verdadeira da doença é uma distorção do campo energético do corpo , que fica mais lento, exercendo um efeito que resulta em estados mentais negativos como a preocupação, ansiedade e impaciência. Estes estados negativos exaurem de tal forma a vitalidade da pessoa que o corpo perde a sua resistência natural e fica vulnerável a infecções e doenças

Atualmente, sabe- se que , os seres vivos, assim como tudo na natureza, são compostos de energia (relacionada com a matéria). Os seres vivos são compostos por matéria densa e matéria sutil. As essências florais atuam nas reações físicas do organismo e os remédios alopáticos nas ligações químicas. Como massa é igual a energia condensada, os seres vivos são( massa), energia condensada, composto de células que são formadas por prótons, nêutrons e elétrons O corpo humano e dos animais , por suas composições são capazes de emitir e captar energia. As flores também são massa, e possuem células com prótons, nêutrons e elétrons. Quando a energia de um floral entra em contato com a energia de nosso organismo, e a energia do organismo dos animais existe uma mudança de composição.
As essências florais possuem padrões vibratórios característicos, que uma vez absorvidos pelo corpo físico do indivíduo (humano ou animal), operam no nível de cura vibratória de forma sutil primeiramente sobre os corpos : emocional, mental. espiritual, ( nível da alma). Quando um animal com boa saúde física fica estressado, raivoso, depressivo, ciumento ou traumatizado, as emoções podem movimentar-se através dos corpos para se transformarem em uma doença física, isto pode ser observado em animais que foram abandonados por seus donos ou que sofreram algum tipo de trauma .

Uma vez, que a energia se movimenta através de todos esses corpos para criar a saúde animal ou humana, desde de que o stress e os estados emocionais são os fatores principais na produção tanto da doença quanto do bem estar, as essências florais desempenham um papel na cura em todos os níveis, atuando como terapia complementar ao tratamento médico convencional.

As essências florais não usam o material físico da planta mas, a energia essencial que se encontra dentro da flor. Essa energia é extraída das flores pelos métodos solar e fervura e, acondicionada em água - para os animais (para humanos água e conhaque de uvas).A substância sutil assim extraída é usada para tratar a causa da doença num nível também sutil. As essências florais tratam a causa mental da doença. Os remédios florais são energia. Eles tratam o doente e não a doença. As essências são vibracionais.

Irmãos Eduardo e Celso Filetti


Princípios básicos das essências florais:

- Elas tratam o animal e não a doença
- É um sistema simples, natural e efetivo
- Podem ser usados junto com qualquer outro tratamento (a terapia floral é complementar e não alternativa)
- A efetividade pode ser observada em indivíduos inconscientes, em estado de coma, crianças, animais e plantas.
- Não substituem a medicina veterinária ortodoxa.

Escolhendo a essência floral

▓ Comunicação verbal - sons que os animais emitem

▓ Comunicação não verbal - relato do proprietário

▓ A observação constante e o conhecimento prévio do comportamento no animal direcionam para o que está alterado.

Observar quanto a :

* Espécie

* Raça

* Comportamento individual

* Comportamento junto ao proprietário

* Relacionamento com o meio

Administrando a essência floral:

- uso a curto prazo:

- emergências

- casos agudos

- uso a longo prazo:

- casos crônicos

Tratamentos:

Usar como base do floral ao invés de álcool , vinagre de maçã.

Dose:

* 2 gotas em animais ( porte pequeno) recém nascidos e esquilos, porquinhos da índia e hamsters, coelhos e ferrets.

* 4 gotas - gatos e cães de pequeno e médio porte ( dose padrão)

* 6 gotas para cães de porte grande , caprinos e ovinos

* 10 a 15 gotas bovinos e eqüinos.

Freqüência: 4 vezes ao dia ou a critério do médico veterinário. Período por, pelo menos, 30 dias cada frasco de tratamento ou a critério do médico veterinário


Métodos de administração:

Direto na boca, na água do bebedouro, misturar na ração, borrifador, na água do banho, esfregar nas gengivas, parte interna das orelhas caso o animal esteja inconsciente, compressas para ferimentos abertos, no soro fisiológico para os olhos.

Os Sistemas de Essências Florais
Alguns dos sistemas mais conhecidos no Brasil.
1. Inglaterra: Dr. Edward Bach
2. Austrália: Ian White
3. Califórnia: Patricia Kaminsky e Richard Katz
4. USA, Deserto do Arizona: Sistema Desert Alchemy - Cynthia Kemp Scherer
5. Argentina: Raff
6. França - Sistema DEVA: Philippe Deroide
7. Alasca: Steve M. Johnson
8. Pacífico: Sabina Pettitt
9. Holanda: Bram Zaalberg
10. Himalaia: Tanmaya
11. Brasil - Florais de Minas: Breno Marques da Silva
12. Brasil - Sistema Agnes: Dra. Gelse Campos - Ribeirão Preto - flores do cerrado e floresta seca
13. Brasil - Sistema Araretama - Sandra Epstein (Mata Atlântica: bromélias e philodendros)
14. Brasil - Filhas de Gaia: Maria Grillo (flores do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, e áreas preservadas como contrafortes da Pedra Grande em Atibaia, Mata Atlântica, Pedra Bela e Joanópolis)
15. Sistema Korte PHI: Andreas Korte: Floresta Tropical, orquídeas do Amazonas, Pedras Preciosas, Florais da África, Kit de rosas e flores silvestres
16. Essências ambientais (feitas com a energia do ambiente, como geleiras, tempestades boreais e fenômenos naturais)
17. Essências minerais (feitas a partir da energia de metais e pedras preciosas) - alguns estão incluídos nos "kits" das essências florais.
18. Essências de Saint Germain

Dr. Breno Marques da Silva


Florais de Minas

Os Florais de Minas são um conjunto de 84 essências extraídas de flores das regiões montanhosas do Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais, pesquisados pelo Dr. Breno Marques da Silva, graduado e pós graduado em Farmácia e Engenharia.
As técnicas empregadas na preparação das essências são semelhantes àquelas descobertas pioneiramente pelo médico Dr. Eduardo Bach, na década de trinta. As essências Florais de Minas (84) são estruturadas e classificam-se de acordo com os agrupamentos mentais propostos pelo Dr. Bach. Ou seja, existem florais para o medo, para a incerteza, para a falta de interesse nas circunstâncias, para a preocupação excessiva, para a super sensibilidade, para o desalento e para a solidão.
As essências florais devem ser receitadas de acordo com cada particularidade do animal em questão mas , de uma maneira geral temos algumas sugestões para prescrição de florais antes de uma análise mais profunda , usaremos o sistema de Florais de Minas.:

- Emergências, pós cirúrgico- Buquê das 5 Flores ou Buquê das 9 Flores

- Traumas físicos ou emocionais - Tagets

- Para adaptação do recém nascido- Buquê de Lactentes

- Usado em caso de rejeição da fêmea pelo filhote e quando ocorrem mudanças bruscas ( morte de um animal quando o outro animal sente falta ou até mesmo o falecimento do do proprietário) - Myosotis

Indicação por Raça

Felinos

· Siamês - Chicorium, Emilia, Fícus, Hellianthus .

· Persa - Aleluia, Malus .

Caninos

* Afgan Hound - Tropaeolum

* Basset Hound - Foeniculum

* Beagle- Mormodica

* Boxer- Hellianthus

* Bulldog - Fortificata, Mirabillis

* Cocker Spaniel- Impatiens

* Dálmata- Tagetes

* Doberman- Psidium

* Fox Paulistinha - Vervano, Impatiens , Chicorium

* Galgo- Tropaeolum

* Husky Siberiano- Fuchsia, Thumbergia

* Labrador- Fuchsia,

* Lhasa Apso- Chicorium , Hellianthus

* Maltês- Hellianthus .

* Pastor Alemão- Serpervivum, Mirabillis

* Pinscher- Camelli , Mirabillis

* Pit Bull- Psidium

* Poodle- Chicorium , Zinnia

* Rottweiler - Fuchsia (filhote), Thumbergia (adulto)

* Saluki - Tropaeolum

* São Bernardo- Basilicum

* Schnauzer - Phyllantus, Tropaeolum

* Sheepdog ou Old English Sheepdog - Trimera

* SRD- normalmente são os que menos precisam de Florais mas, podemos utilizar Origanum ( utilizado para qualquer animal abandonado), Tagets ( para os que sofreram traumas físicos ou emocionais ).

* Teckel ou Dachshund- Zinnia

* Weimaraner - Vervano

DR EDUARDO RIBEIRO FILETTI É MÉDICO VETERINÁRIO ESPECILISTA EM CLÍNICA E CIRURGIA DE PEQUENOS ANIMAIS, FITOTERAPEUTA E PÓS GRADUADO EM SAÚDE PÚBLICA, PROFESSOR TITULAR DE FISIOLOGIA MÉDICA UNISANTA E PESQUISA UNIVERSITÁRIA ,DIRETOR DA CLÍNICA VETERINÁRIA FILETTI E DO CURSO DE AUXILIAR VETERINÁRIO FILETTI.
VICE PRESIDENTE DA SOS ANIMAIS DE RUA


DR. CELSO RIBEIRO FILETTI É MÉDICO VETERINÁRIO ,ESPECIALISTA EM SAÚDE PUBLICA E ULTRASONOGRAFIA, DIRETOR DA CLÍNICA FILETTTI E PROFESSOR DO CURSO DE AUXILIAR DE MEDICINA VETERINÁRIA FILETTI EM SANTOS






 


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
  Artigos
Filetti News
Fotos
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2003 - 2017, Clínica Veterinária Filetti ® • Santos • São Paulo • (13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br • http://www.filetti.com.br .::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy