Clínica Veterinária Filetti
Atendimento Emergência 24hrs na Baixada Santista 997 115 545
R. Alm. Tamandaré, 275 - Embaré • Santos • São Paulo
(13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br
 
 

Artigos
 VER TODOS OS ARTIGOS 

Quem socorre o urubu? Animal ferido vai parar em uma clínica.
Maurício Martins - Da Redação
CLÍNICA 24-04-2013

O recolhimento de um urubu com a asa quebrada não parece ser uma tarefa difícil. Mas, os órgãos públicos municipal, estadual e federal em Santos afirmaram ontem não ter condições de atender este tipo de ocorrência. As respostas negativas foram dadas à vendedora Adla Adriana de Andrade, que viu a ave impossibilitada de voar em uma calçada no bairro Boqueirão.

"Liguei para todos os telefones possíveis: Polícia Militar, Bombeiros, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Centro de Zoonoses e Ibama. Todos falaram que não poderiam fazar nada. Fiquei indignada. O urubu poderia bicar alguém e passar uma doença", reclama.

Diante das recusas, ela colocou o animal em uma caixa de papelão e o levou até uma clínica veterinária particular.


Tratamento.

O veterinário Eduardo Ribeiro Filetti recebeu o urubu, da espécie cabeça-preta, e iniciou o tratamento de forma gratuita. "Ele teve uma fratura na asa direita causada por um trauma. Procuramos ferimentos por arma de fogo ou chumbinho (pistola de pressão), mas não encontramos nada. Talvez tenha sido atingido por um estiligue ou bateu em algum lugar. Demos anti-inflamatório e antibiótico. Ele vai ficar com uma tala por 15 dias", detalha.

Filetti explica que o urubu, assim como outras espécies, também é protegido pela legislação vigente. Segundo ele, é preciso uma melhor gestão do poder público no atendimento de casos deste tipo para que a iniciativa privada não arque com a responsabilidade. "Se um animal é atropelado na rua, quem resolve? O Centro de Zoonoses (do Municipio) não trabalha sábado e domingo.
Quem sofre é a população, que vê esses problemas, e as clínicas particulares que atendem, arcando com um custo que deveria ser da Prefeitura".

Sobre o caso do urubu, o veterinário ficou ainda mais surpreso por ser um dia de semana. "Numa quinta-feira? Nós já atendemos animais aos fins de semana, quando não existe um plantão (do Municipio)".


Respostas
Em nota, a Prefeitura informou que a Coordenadoria de Proteção à Vida Animal (Codevida) presta atendimento a animais domésticos (cães e gatos). Disse ainda que sobre o encaminhamento de animais silvestre uma circular do Ibama proíbe que sejam entregues em parques por cidadãos comuns. O recebimento só pode acontecer por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente ou Policia Forestal.

Assim, deve-se acionar os órgãos estaduais, que em Santos funcionam no Museu de Pesca (3219-7085) ou a Polícia Ambiental(3358-4669).

Por telefone, a atendente do escritório regional do Ibama também disse que o recolhimento desde tipo de animal é de responsabilidade da Policia Ambiental.

A Tribuna pediu uma entrevista com o órgão, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.






 


 



 
  Início
Vídeo
Download
Fale Conosco
Cadastro
  Institucional
  Artigos
Filetti News
Fotos
Saiu na Mídia
 
 
.:: • © Copyright 2003 - 2017, Clínica Veterinária Filetti / Bouticão ® • Santos • São Paulo • (13) 3227-5770 / 3227-5771 • filetti@filetti.com.br • http://www.filetti.com.br
R. Almirante Tamandaré, 271/273 • Embaré • (13) 997 115 545 •
.::
.:: • PORTALWEB 5.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy