Cães: Os melhores companheiros das crianças

Cães: Os melhores companheiros das crianças

Vitrine – Atualidades Veterinárias Autor: Eduardo Ribeiro Filetti e Celso Ribeiro Filetti

Os cães de luxo são graciosos, elegantes e muito temperamentais, devido a personalidade de caráter marcante.

Lulu da Pomerânia: com usa grande beleza chama a atenção de todos quando sai a passeio. Não espere que ele seja muito educado, pois reage às pessoas com mordida se insistir em toca-lo. Carinho só aceita se for do proprietário.

Pequinês: é deveras teimoso, mas muito independente. O Pinscher de tão valente, costuma se dizer que é um Dobermann miniatura

Chihuahua um dos menores cães do mundo. Muito corajoso, metido e não confia nas pessoas. Esta qualidade os tornam cães de guarda.

Maltês: com sua linda pelagem branca, quase não late

Shih-tzu apesar dos seus traços orientais, é muito amoroso. Quem preferir um Pug, tem que ter disponibilidade de tempo, pois gostam de conviver intimamente com a família dentro da casa.

Poodle: é muito companheiro e está sempre disposto para passeios, visitas de viagens. Sendo pequeno, é fácil de ser transportado. O Poodle buscará a caça na água. É considerado um excelente nadador.

Yorkshire Terrier: sempre ativo, atento, afetuoso e dedicado, expressão inteligente e aguda.
Quem vê o lindo Yorkshire hoje, custa a acreditar que foi um grande caçador de ratos nas minas de carvão.

Os cães de luxo, apesar de serem sofisticados, são muito resistentes, tendo a média de vida de 15 anos, maior que os cães de porte.

Também são grandes companheiros os cães de porte:

Weimaraner é originário da Alemanha e foi desenvolvido para o esporte de caça.

São Bernardo – usado como guarda, defesa e utilidade. É generoso às vezes, teimoso. Notável guardião é usado na busca de vítimas de avalanches alpinas. Sua nacionalidade é suíça.

Pastor Alemão – possui temperamento forte, caráter incorruptível, fidelidade, coragem e alto espírito de luta.

A longevidade dele se explica da seguinte forma: está ligado ao próprio metabolismo dos pequenos cães e ao seu estilo de vida, ou seja, coabitando com o seu dono.

O contato das crianças com esses animais sempre são positivos. Para crianças até 3 anos de idade, o cão preenche as necessidades da fantasia, é o amigo imaginário.
Acima de 5 anos de idade, indica-se o cão de pequeno porte, deixando de ser o amigo imaginário, passando a ser o amigo concreto.

Como a maioria das crianças gosta de cães pequenos ou filhotes e quando crescem já não se interessam tanto, por isso é que os cães de pequeno porte são indicados para crianças.

Cuidados com os cães de luxo

Alimentação: ração balanceada ou carne, leite, arroz, legumes, ovos e ricota. Os filhotes devem ser alimentados 4 vezes ao dia até os 5 meses de idade, depois passar pra 3 refeições até a idade adulta. Deve-se complementar as refeições com vitaminas A, D e sais minerais em quantidades indicadas pelo Médico Veterinário.

Após os 3 meses de idade, os cães devem se exercitar. Tomar sol a partir do 25º dia até as 10 horas da manhã. Ter hábitos alimentares corretos e horário para as refeições.

Dr. Eduardo Ribeiro Filetti
Médico-Veterinário e Professor da UNISANTA, ESPECIALISTA EM SAÚDE PÚBLICA, PÓS GRADUADO EM CLINICA DE CÃES, PÓS GRADUADO EM CLÍNICA DE FELINOS , VICE PRESIDENTE DA SOS ANIMAIS DE RUA -0SCIP QUE PROTEGE ANIMAIS DE RUA

Dr.Celso Ribeiro Filetti médico veterinário , pós graduado em Saúde Pública.

2018-01-19T13:29:37+00:00